TRADIÇÃO: RODA DE SÃO GONÇALO REÚNE MAIS DE 500 PESSOAS EM COMUNIDADE DE CASA NOVA


A tradição popular da roda de São Gonçalo atraiu mais de quinhentas pessoas à casa de dona Raimunda e seu Jorge Rocha, na comunidade de Melancia, em Casa Nova, no último domingo 26. A primeira das doze voltas que formam a dança começou antes das oito da manhã, depois de um reforçado café sertanejo, à base de cuscuz e sarapatel.  A roda só acabou perto das cinco da tarde. 

Como reza a tradição, a dança em homenagem ao santo português foi para pagar uma promessa feita pela mãe de dona Georgina Ferreira Rocha. “Minha mãe teve um filho que sumiu por 33 anos, o que fez ela se apegar ao santo, a quem era devota, e prometer que se meu irmão voltasse, faria uma roda de São Gonçalo. Meu irmão voltou, porém, minha mãe não pôde pagar a promessa porque teve um problema de saúde e veio a falecer. Por isso nós estamos aqui realizando essa promessa hoje”, explicou.

Veterana em rodas de São Gonçalo, Dona Georgina, de 76 anos completos ontem, diz que perdeu a conta de quantas já participou. E essa tradição que anima senhoras como Dona Georgina também contagia os jovens. Um exemplo é a adolescente Lívia Souza, de 11 anos. “Eu já participei de umas três rodas. Eu gosto e meu pai canta durante as danças”. 


A comunidade de Melancia integra a área de fundo de pasto conhecida por Areia Grande, que reúne ainda as localidades de Salina da Brinca, Riacho Grande e Jurema.  O território foi ocupado pelos antepassados das família que ali vivem em 1860. Porém, há 30 anos as famílias enfrentam grileiros e grandes projetos do Estado, para dar continuidade ao seu jeito de viver. 

CPT Juazeiro 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Centenas de famílias estão na rua após despejos violentos em acampamentos do MST

Mineração: uso de explosivos aterroriza comunidade de Angico dos Dias

XII Encontrão de Jovens de Campo Alegre de Lourdes