Postagens

Mostrando postagens de 2014

FORTALECER AS ASSOCIAÇÕES DE FUNDO DE PASTO É PRIORIDADE EM PILÃO ARCADO

Imagem
As comunidades de fundo de pasto de Pilão Arcado querem fortalecer suas associações. Isso foi o que ficou definido durante o último encontro do ano desses grupos, realizado entre os dias 10 e 11 de dezembro,  no Centro de Formação da paróquia de Santo Antônio. 
Para os participantes  do encontro, as associações de fundo de pasto precisam  de processos de formação. Para eles, a nova  Lei de regularização fundiária estadual, que estabelece até 2018 o prazo para a  autodefinição dos fundos de pasto, pode pressionar as comunidades tradicionais. Assim, quanto mais organizadas estiverem as associações que representam tais comunidades, maior será a luta de enfrentamento as propostas estatais  e do capital privado que prejudicam as famílias camponesas de fundo de pasto. 
Assim como outros municípios da área de atuação da Diocese de Juazeiro, Pilão Arcado tem sido alvo constante de grandes empresas. Os setores que mais visam suas terras são o minerário e o de produção de energia. Contudo, as áre…

EM AUDIÊNCIA COM DILMA, MST COBRA POLÍTICAS EMERGENCIAIS PARA O CAMPO

Imagem
Na tarde desta segunda-feira (15), representantes do MST participaram de uma audiência com a presidenta Dilma Rousseff para apresentar as principais pautas do Movimento para o novo governo. Durante o encontro, o MST apresentou quatro eixos de propostas  que perpassam o acesso e democratização da terra, o estímulo à produção de alimentos saudáveis, atenção à Educação no Campo, além de reivindicar a criação de novas políticas públicas de infraestrutura de assentamentos, como o PAC da Reforma Agrária.

MAIS DE 200 CONFLITOS SÃO PROVOCADOS POR MINERAÇÃO EM TODA AMÉRICA LATINA

Imagem
“A contaminação social é a perda de valores espirituais, éticos, humanistas. Na mineração tudo se compra e se vende, ela é como um dogma”, afirma Cesar Padilla. O encontro latinoamericano de “Igrejas e Mineração” reúne em Brasília mais de 90 pessoas de 13 países de todo o continente. São religiosos, religiosas, leigos e leigas que debatem de 2 a 5 de dezembro, desafios e enfrentamentos frente às atividades de mineração e o impacto nos territórios e meio ambiente.


Os participantes do encontro relembraram os mártires mortos em função da mineração. Cesar Padilla, do Observatório de Conflitos de Mineração da América Latina- articulação composta por 40 organizações cujo objetivo é defender comunidades afetadas pela mineração- afirma que estão registrados em todo o continente, mais de 211 conflitos provocados pela mineração, aliado a isso a violação aos direitos humanos e criminalização dos protestos contra os grandes empreendimentos.
Para Padilla, as empresas têm perdido as licenças sociais …

JOVENS DISCUTEM RELAÇÕES DE GÊNERO EM CASA NOVA

Imagem
Os papéis construídos pela sociedade para homens e mulheres foram discutidos por aproximadamente 40 jovens de quatro comunidades rurais de Casa Nova e Sento Sé.  Os debates aconteceram durante o 3º Encontro da Escola de Formação da Juventude Rural, entre os dias 29 e 30 de novembro, em Casa Nova. 
O oficina  contou com a participação de Beth Siqueira, engenheira agrônoma especialista nas questões referentes a gênero. Durante as atividades, os meninos e as meninas refletiram  sobre como o meio social pode condicionar os comportamentos de ambos os sexos, e como isso pode ser motivo para vários desentendimentos  e preconceitos. 
Para Juvenal, da comunidade de Riacho de Santo Antônio, "o encontro foi muito bom porque podemos discutir vários assuntos, inclusive como a cultura modela os gêneros". 
Os jovens da Escola de Formação da Juventude Rural de Casa Nova  já participaram de oficinas sobre Cultura e Terra e Território. Ainda estão previstos momentos para reflexões sobre produção…

HISTÓRIA DE D. PEDRO CASALDÁLIGA É RETRATADA EM FILME

Imagem
Uma trajetória intensa. É assim que pessoas que convivem com o bispo emérito de São Félix do Araguaia, dom Pedro Casaldáliga, definem a vida do homem que se dedicou a lutar para que a população mais pobre e os indígenas tivessem consciência de seus direitos e lutassem por eles.
Nesta terça-feira (2), os moradores da cidade mato-grossense na qual Casaldáliga vive até hoje participarão do pré-lançamento do filme Descalço sobre a Terra Vermelha. A obra, baseada no livro que leva o mesmo nome e que conta a história do bispo, é uma coprodução da TV Brasilcom mais duas televisões públicas, uma espanhola e outra catalã, e será exibida no canal brasileiro em três episódios nos dias 13, 20 e 27 deste mês.
Dom Pedro Casaldáliga nasceu em Balsareny, na província catalã de Barcelona, em 1928, e veio para o Brasil aos 40 anos, como missionário, para trabalhar em São Félix do Araguaia. Na região, preocupou-se com a saúde, a educação e a assistência à população. A equipe daEmpresa Brasil de Comunicaçã…

MARANHÃO: PADRE MARCOS É AMEAÇADO POR FAZENDEIRO APÓS DENUNCIAR TRABALHO ESCRAVO

Imagem
O padre missionário italiano Marcos Bassani, que reside no povoado de Alto Brasil e presta serviços à Diocese de Grajaú (MA), foi intimidado com tom de ameaça em sua própria residência após denunciar o trabalho escravo na região em sua coluna no blog Grajaú de Fato. O trabalho escravo é prática criminosa e violadora dos Direitos Humanos, comum no Estado do Maranhão, sobretudo em fazendas.

Padre Marcos é missionário no Estado do Maranhão desde 2002, quando chegou ao Brasil para assumir a paróquia de Dom Pedro e a quase paróquia de São José dos Basílios. Nessas localidades, também prestou relevante serviço social em defesa dos marginalizados e oprimidos pelo poder político oligárquico da região e em prol da redução das desigualdades sociais.

Em sua missão profética, o missionário sempre denunciou as situações de desrespeito à dignidade da pessoa humana, que, aliás, é fundamento da República Federativa do Brasil e princípio fundamental universal, que deve ser resguardado, promovido e de…

GRTE DE VITÓRIA DA CONQUISTA RESGATA 32 TRABALHADORES EM CONDIÇÕES DEGRADANTES DE TRABALHO

Imagem
Auditores-Fiscais do Trabalho da Gerência Regional do Trabalho e Emprego – GRTE de Vitória da Conquista (BA) resgataram 32 pessoas submetidas a condições de trabalho análogas às de escravos na zona rural da cidade de Encruzilhada, na Fazenda Serra Verde, cuja atividade é o cultivo de café. As investigações que culminaram no resgate começaram em 14 de julho, dentro da programação de fiscalização rural da unidade para 2014. A fiscalização na fazenda ocorreu nos dias 21 e 22 de julho. Além da GRTE, participaram da operação o Ministério Público do Trabalho e a Polícia Rodoviária Federal. 
Foram encontrados 42 trabalhadores no total, em cinco locais distintos da fazenda, dos quais 14 eram mulheres e três eram adolescentes menores de 16 anos. Os Auditores-Fiscais resgataram 32 deles, porque estavam em condições degradantes, sendo 10 mulheres e dois adolescentes. O empregador reconheceu o vínculo os trabalhadores como seus empregados e 38 foram registrados durante a fiscalização. Cinco deles …

JUVENTUDE AMEAÇADA POR GRILEIROS DISCUTE TERRA E TERRITÓRIO

Imagem
Jovens que foram agredidos/as durante uma tentativa de reintegração de posse dada a grileiros em Casa Nova hoje estão discutindo questões relativas à terra, território e permanência no campo. 
Os momentos de formação desses jovens de Areia Grande, área de fundo de pasto há 30 anos vítima de tentativas de grilagem de terra, ocorrem durante a Escola de Formação da Juventude Rural. 
Os espaços foram criados para atender uma estratégia dos pais. Em 2008, suas famílias resistiram a ameaças de capangas e a uma resolução jurídica, para continuar vivendo no território de Areia Grande. Hoje, incentivam os filhos e as filhas a se engajarem ainda mais na organização da luta em defesa do seu jeito de viver no sertão.
Dessa forma, surgiu a série de cursos articulados pela União das Associações de Fundo de Pasto de Casa Nova (Unasfp) em parceria com a Comissão Pastoral da Terra (CPT). A última oficina reuniu 40 jovens de cinco comunidades de Casa Nova. O tema do encontro foi Terra e Território e c…

CAMPANHA CONVOCA POPULAÇÃO ÀS RUAS CONTRA O USO DE AGROTÓXICOS

Imagem
As eleições passaram e o Congresso Nacional não poderia ter ficado pior: mais da metade dos seus membros diz se identificar com a chamada Bancada Ruralista. Além de afrontarem os direitos de indígenas e quilombolas, este grupo suprapartidário é responsável pela aprovação de leis que facilitam o uso de mais agrotóxicos.
No próximo dia 3 de dezembro, data em que celebra-se o Dia Internacional do Não Uso dos Agrotóxicos, a Campanha Permanente contra os Agrotóxicos e pela Vida convoca os cidadãos brasileiros a se unir para exigirmos comida sem veneno. Para isso, é fundamental que o congresso defenda a saúde da população e a agricultura familiar, responsável pela produção de 70% dos alimentos que chegam à nossa mesa.
Além disso, a Campanha defende ainda o fim da pulverização aérea, prática utilizada pelo agronegócio, e a reforma política, de maneira a reduzir o peso dos interesses econômicos e viabilizar nossa representação na Câmara e Senado. Os ruralistas defendem os interesses de cerca de…

COMUNIDADES RURAIS SE ORGANIZAM PARA RECEBER 13º ROMARIA DE PAU DE COLHER

Imagem
Debaixo de um histórico Juazeiro, comunitários/as de Pau de Colher e adjacências, em Casa Nova (BA),  se reuniram nesta última quinta-feira 6 para ajustar os preparativos para a  13º Romaria de Pau de Colher, marcada para  13 de dezembro, dia de Santa Luzia. 
Este ano, os romeiros/as irão homenagear o rio São Francisco, que abastece o município e toda a região. Segundo as famílias, mesmo não estando na beira, elas se sentem preocupadas com as suas águas.  
O rio Opara, primeiro nome dado por indígenas ao maior curso d´água nacional, perdeu nos últimos 50 anos cerca de 35% de sua vazão. Entre  os problemas ambientais que o São Francisco tem enfrentado estão as barragens hidrelétricas, como a de Sobradinho, e o acelerado processo de assoreamento. 
A Romaria de Pau de Colher também é uma homenagem aos mortos no conflito de Pau de Colher, ocorrido em 1938. Estima-se que 300 camponeses/as que tentavam se organizar sem depender de latifundiários  foram mortos pela repressão do Estado.




OFICINA DE EDUCOMUNICAÇÃO REÚNE REPRESENTANTES DE ONGs e MOVIMENTOS SOCIAIS NO BAIXO SÃO FRANCISCO

Imagem
Na última sexta-feira, 31 de outubro, a Articulação São Francisco Vivo deu prosseguimento às atividade de consolidação da articulação com a Oficina de Educomunicação, realizada no município de Poço Redondo-SE, no Baixo São Francisco.
A Oficina contou com 12 participantes de entidades e organizações ligadas à SFVivo e o encontro aconteceu no Teatro Raízes Nordestinas.
A oficina de educomunicação tem o objetivo de sistematizar algumas técnicas de comunicação parapossibilitar a jovens e adultos de comunidades das diversas regiões da Bacia do Rio São Francisco o acesso à comunicação de forma crítica, considerando recepção e produção.
Como resultado da oficina foram produzidas três matérias. Uma sobre a criação do Plano de Saneamento Básico do município de Poço Redondo e a atual situação do Rio Jacaré, um dos que deságua no Rio São Francisco e que se encontra poluído.
Outra matéria abordou o trabalho do grupo de rendeiras de Poço Redondo que têm realizado um trabalho de resgate da cultura loca…

CARTA ABERTA DA CPT PARA A SRA. PRESIDENTA DA REPÚBLICA DILMA ROUSSEFF

Imagem
A Comissão Pastoral da Terra, CPT, reunida em Conselho Nacional, em Luziânia-GO, entre 27 e 29 de outubro de 2014, dirige-se respeitosamente a V. Excia. para, em primeiro lugar, parabenizá-la pela reeleição e desejar-lhe um novo mandato profícuo e benéfico para toda a nação brasileira, de modo especial para os menos favorecidos, já que foram estes a maioria dos que a reelegeram. Por isso merecem uma atenção toda especial de sua parte.
Atendendo à sua abertura e solicitação para o diálogo, expresso em seu primeiro pronunciamento após a vitória nas eleições, queremos apresentar-lhe situações e questões nacionais que passaram ao largo de toda a campanha eleitoral e que, agora, forçosamente, se tornam em alertas e reivindicações. São situações, questões e reivindicações dos povos dos campos, das águas e das florestas com quem a CPT atua e apoia. A Senhora ao assumir a presidência jurou, e novamente vai jurar, defender e aplicar a Constituição Federal. Esta, em seu artigo 184, diz que “compe…

CERCA DE TRINTA JOVENS RURAIS DISCUTEM O PAPEL DA COMUNICAÇÃO NA SOCIEDADE

Imagem
Cerca de trinta jovens discutindo e produzindo peças de comunicação. Assim foi  o segundo encontro da Escola de Formação da Juventude Rural de Remanso. A atividade aconteceu entre os dias 11 e 12 deste mês, no Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais do município. 
Durante o momento, os jovens puderam refletir sobre os impactos dos meios de comunicação na sociedade, inclusive no meio rural.  Os participantes relataram casos que revelam a invasão das comunidades tradicionais por ideias e produtos anunciados por rádios e TVs. Para eles, é preciso ter um senso crítico ao receber as informações das mídias. 
Após as discussões, os garotos e garotas de comunidades de Remanso e também de Pilão Arcado e Campo Alegre de Lourdes foram ao trabalho.  Em quatro equipes, o/as jovens produziram peças de comunicação, como um anúncio publicitário e uma reportagem  de rádio, que foram apresentadas para o todo o grupo no momento final da atividade.
Para a jovem Ludimila Moura, 12, moradora de Lag…

BOM JESUS DA LAPA RECEBE ATO EM DEFESA DO RIO SÃO FRANCISCO

Imagem

COMUNIDADES AMEAÇADAS POR GRILAGEM DE TERRAS QUEREM ENCONTRO COM JUIZ DE REMANSO

Imagem
As oito comunidades rurais do município de Campo Alegre de Lourdes  que estão sendo vítimas de uma tentativa de grilagem de terras querem conversar com o juiz de direito da Comarca de Remanso Dario Gurgel de Castro. No final de setembro, o magistrado concedeu uma liminar favorável a Vanderlê Dias da Costa que, sem documento algum, diz ser o dono de uma área com mais de 44 mil hectares.  A decisão das comunidades aconteceu na manhã desta quinta-feira, em Angico dos Dias uma das comunidades ameaçadas. 
Agora,  os camponeses e camponesas esperam a data da audiência, a ser agendada através dos assessores jurídicos da CPT. 

Durante o encontro, os quase cem camponeses e camponesas presentes também discutiram a importância da autodefinição como comunidades de fundo de pasto, modo de viver e criar na caatinga que já predomina nas áreas há gerações.

Todo o processo  de tentativa de grilar a terra de Angico dos Dias e região estaria destinado à venda da área por intermédio de Pedro e Bartolomeu, q…

REMANSO SEDIA PRIMEIRO ENCONTRO DA ESCOLA DE FORMAÇÃO DA JUVENTUDE RURAL

Imagem