Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2015

ASSEMBLEIA ANUAL DA CPT DESTACA GRILAGEM DE TERRAS E DESCASO PÚBLICO

Imagem

EM DEFESA DO SEMIÁRIDO, MAIS DE 15 MIL PESSOAS REALIZAM ATO EM JUAZEIRO E PETROLINA

Imagem
A manhã desta terça-feira (17) será bastante movimentada nos centros das cidades de Juazeiro (BA) e Petrolina (PE). Mais de 15 mil pessoas estão confirmadas para participar de um Ato Público, cuja concentração acontecerá na praça da Catedral de Petrolina. Em marcha, as/os manifestante seguem para Orla Nova de Juazeiro, onde será realizado o Ato às 10h. O evento é uma realização da Articulação do Semiárido (Asa) em conjunto com o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA), Levante Popular da Juventude, Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag) e Movimento dos Atingidos por Barragens (Mab), com o apoio de diversas outras organizações populares do campo e da cidade.
Além da Bahia e Pernambuco, estarão representados também os estados do Piauí, Ceará, Sergipe, Alagoas, Paraíba, Maranhão, Rio Grande do Norte e Minas Gerais. A intenção é reafirmar junto ao governo e a sociedade a necessidade de manutenção e…

QUARTA ETAPA DA ESCOLA DA JUVENTUDE RURAL DISCUTE RELAÇÕES DE GÊNERO EM CAMPO ALEGRE

Imagem
As relações entre homens e mulheres, que são organizadas pelo convívio social,  foi o tema da quarta etapa da Escola de Formação da Juventude Rural, em Campo Alegre de Lourdes, Diocese de Juazeiro, entre os dias 31 de outubro e 1 de novembro. 
A oficina aconteceu na casa paroquial. A primeira atividade foi um momento celebrativo coordenado pelo Pe Bernando Hanke.  Em seguida, a engenheira agrônoma especialista em relações de gênero Elizabeth Siqueira conduziu a formação que contou com a presença de quase 40 participantes.
Ao longo dos trabalhos,  os/as jovens discutiram questões como o preconceito de gênero e a violência contra as mulheres. 
Cleiane, da Lagoa do Sal,  fez uma avaliação positiva da oficina. "Eu gostei da atividade porque pudemos diferenciar o que é gênero, que tem mais a ver com uma construção social e coletiva, de sexo, que é algo biológico".  

Além das relações de gênero, os/as participantes já discutiram a influênciada comunicação na sociedade, cultura e organ…