Diocese de Juazeiro realiza 2ª edição da Festa da Vida

         
Um momento de celebração, partilha de experiências e confraternização para fortalecer e integrar as Pastorais Sociais e grupos da Diocese de Juazeiro que estão a serviço dos mais pobres e do cuidado com a Criação. Este é o objetivo da Festa da Vida, que nesta segunda edição, será realizada no dia 8 de abril, primeiro domingo após a Páscoa. A Festa da Vida conta com uma programação diversa que se estenderá durante todo o dia.

Este ano, o evento terá início às 8h na beira do rio São Francisco, no bairro Angari, em Juazeiro (BA), onde acontecerá uma celebração ao Velho Chico e, em seguida, uma caminhada em direção à Catedral Nossa Senhora das Grotas, que culminará com a Missa, às 9h. De acordo com a agente da Comissão Pastoral da Terra (CPT) Marina Rocha, a celebração em defesa do rio São Francisco consiste em um “simbolismo de compromisso com a realidade do rio e do povo que dele vive”.
                             
Após a programação de abertura, a Festa da Vida continua durante todo o dia na Praça da Catedral de Juazeiro com várias atividades. O local abrigará tendas temáticas das Pastorais Sociais e um palco. Haverá exposição e venda de produtos das Pastorais, agricultura familiar, artesanato, apresentações musicais, manifestações da cultura popular e artísticas como teatro, poesia e literatura de cordel.

A Festa da Vida é inspirada em uma experiência da Arquidiocese de Fortaleza (CE) – onde o bispo de Juazeiro Dom Beto Breis atuou – e busca dar visibilidade às ações e iniciativas das Pastorais Sociais. “Não basta apenas celebrar, recordar que Deus é misericordioso, mas também expressar o compromisso de sermos portadores de sinais dessa misericórdia em ações que promovem a dignidade e o bem das pessoas”, comenta Dom Beto sobre a iniciativa da Festa da Vida.


Pastorais Sociais 

A Diocese de Juazeiro tem atualmente nove Pastorais Sociais: Pastoral Carcerária, Pastoral da Criança, Pastoral da Educação, Pastoral da Pessoa Idosa, Pastoral da Mulher Marginalizada, Pastoral da Saúde, Pastoral da Sobriedade, Comissão Pastoral da Terra e Conselho Pastoral dos Pescadores.

Também participarão da 2ª Festa da Vida entidades e organizações populares que atuam no território da Diocese de Juazeiro como o Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada (Irpaa), o Serviço de Assessoria a Organizações Populares Rurais (Sasop), o Movimento dos Pescadores e Pescadoras Artesanais (MPP), a Articulação Sindical da Borda do Lago de Sobradinho, a União das Associações de Fundo de Pasto de Casa Nova (UNASF) e  a União das Associações de Fundo de Pasto de Pilão Arcado (UNAFPA).

Texto: Comunicação CPT Juazeiro
Foto: Divulgação


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

“Nós vamos ficar com a morte e a doença”: Em Sento Sé (BA), comunidades ribeirinhas temem empreendimento de mineração

Centenas de famílias estão na rua após despejos violentos em acampamentos do MST

Mineração: uso de explosivos aterroriza comunidade de Angico dos Dias