ASSOCIAÇÕES DE FUNDO PASTO DE CASA NOVA DISCUTEM REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA



A União das Associações de Fundo de Pasto de Casa Nova (Unasfp) reuniu seus associados/as  na manhã desta quarta-feira 12, na seda da ASA local.  O objetivo do encontro foi debater a regularização fundiária de terras ocupadas por comunidades tradicionais, proposta pela Lei estadual  20.417/2013.

Pela Lei, grupos como quilombolas e fundos de pasto passam a ter o Direito Real de Uso das terras onde vivem e trabalham, durante os próximos 90 anos. Porém, o governo pode desfazer o contrato e requerer as áreas para outra finalidade, a qualquer momento. O que leva preocupação às populações destes territórios.

“O nosso papel agora é nos fortalecer. Só assim, a gente pode se manter em nossas comunidades”, afirmou Zacarias Rocha, integrante da Unasp.

As comunidades de fundo de pasto da região de Juazeiro devem se reunir no próximo mês de maio, em Carnaíba do Sertão, distrito juazeirense. O objetivo do encontro é fortalecer os trabalhos em prol dos territórios de fundo de pasto. De acordo com as famílias camponesas, empresas de mineração e parques eólicos têm demonstrado grande interesse nessas áreas. 




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Centenas de famílias estão na rua após despejos violentos em acampamentos do MST

Mineração: uso de explosivos aterroriza comunidade de Angico dos Dias

XII Encontrão de Jovens de Campo Alegre de Lourdes