PADRE DE LUÍS TONETTO CELEBRA 50 ANOS DE CAMINHADA SACERDOTAL AO LADO DOS MAIS HUMILDES





A Diocese de Bonfim viveu um momento marcante no último dia 2 de julho. Nessa data, no município de Caém,  o padre Luís Tonetto celebrou   50 anos de sacerdócio.  Vindo da Itália, o Pe Luís só atuou em municípios e comunidades  da Diocese, como Senhor do Bonfim, Igara, Jaguarari e desde 2000 estava à frente da paróquia São Gonçalo de Amarante de Caém. 

Durante a celebração, a igreja esteve lotada. Além do bispo diocesano, Dom Francisco Canidé Palhano e padres, o povo que Pe Luís acompanhou ao longo da caminhada sacerdotal se fez presente. Diversas comunidades e representantes de  movimentos sociais prestaram sua homenagem, como o Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA) e Movimento Estadual de Trabalhadores Assentados, Acampados e Quilombolas ( CETA)

"O padre Luís nos ajudou a realizar um acampamento pelo água que, até então, o governo da época deixaria nossa comunidade de fora do projeto de uma adutora. Aí ele perguntou se a gente iria ficar sem água e foi lá e ajudou a organizar o povo. Aí, fizemos um acampamento, paramos a obra, foram dois anos de luta, mas conquistamos a água encanada em todas as casas", relembra o camponês Zé de Jesus, da comunidade Várzea Queimada, integrante do MPA. 

Após a missa que celebrou o jubileu sacerdotal de Pe Luís,  diversos grupos agradeceram o religioso pelo seu empenho a favor da vida dos mais humildes. Entre as homenagens, Pe Luís demonstrou um carinho  especial àquela prestada pela CPT. 

"Se a paróquia me fez padre, a CPT me fez padre e ainda com essa visão de padre aberto, de um padre que procura ver os problemas da vida, que procura, portanto, com ajuda do povo, ou com o próprio povo, a sua organização. A CPT me ajudou muito a trabalhar em cima da organização popular, foi fundamental até mesmo para constituir as Comunidades Eclesiais de Base. Enfim, ela foi importante para me ajudar a olhar o todo e não apenas o aspecto religioso da Igreja", considerou.

Ao longo de sua jornada, o Pe Luis Tonetto foi um incansável colaborador da CPT, que muito ganhou na luta em prol das famílias camponesas com a convicção de justiça desse destemido seguidor do Evangelho da esperança, da libertação. 






Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Centenas de famílias estão na rua após despejos violentos em acampamentos do MST

Mineração: uso de explosivos aterroriza comunidade de Angico dos Dias

XII Encontrão de Jovens de Campo Alegre de Lourdes