ASSEDIADOS POR EMPRESAS DO SETOR ELÉTRICO, CAMPONESES DE REMANSO VISITAM PARQUE EÓLICO ABANDONADO

  

Um grupo de 20 trabalhadores e trabalhadoras rurais da comunidade do Desterro, em Remanso, visitou  a comunidade de Malvão, no município de Casa Nova, para conhecer o parque eólico abandonado pela Chesf.  A visita aconteceu no último dia 17 de março. 

Quem mora na comunidade do Desterro ultimamente convive com uma grande dor de cabeça, o assédio de funcionários de empresas do setor elétrico que estudam instalar um parque eólico na localidade. De acordo com os/as moradores/as,  tais representantes  chegam à localidade com várias promessas.

Por isso, em conversas com a Comissão Pastoral da Terra que atua na Diocese de Juazeiro e o Sindicato dos Trabalhadores  e das Trabalhadoras Rurais de Remanso, as famílias do Desterro decidiram enviar representantes para conhecer e conversar com moradores do Malvão. Neste povoado, seria construído um parque eólico de grandes proporções com 120 aerogeradores. Contudo, há quase dois a Companhia Hidroelétrica do São Francisco (Chesf), responsável pela construção, interrompeu os trabalhos.  

"Agente não queria, agora é que não quer. A gente já estava assustado, e agora ficamos mais", conta o camponês Zeferino de Souza, após conversar com  moradores do Malvão sobre o parque eólico abandonado. 

A presidente do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Remanso Beronice Silva  fez duras críticas ao empreendimento. "A impressão que isso é um elefante branco. Dizem que é energia limpa, mas dessa forma, não está sendo". 

A Comissão Pastoral da Terra e o  STR de Remanso orientam as comunidades para  que decidam coletivamente acerca da entrada ou não de empresas do setor elétrico nas suas terras,  e que não assinem nenhum documento sem uma prévia orientação de advogados. 

Comentários

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Centenas de famílias estão na rua após despejos violentos em acampamentos do MST

Mineração: uso de explosivos aterroriza comunidade de Angico dos Dias

XII Encontrão de Jovens de Campo Alegre de Lourdes