Incêndio destrói área preservada da Caatinga em Campo Alegre de Lourdes




Um incêndio, que começou por volta das 14h da última quinta-feira (10), atingiu parte da área das comunidades tradicionais de fundo de pasto do Território de Angico dos Dias, no município de Campo Alegre de Lourdes. O fogo, que se alastrou por uma extensa área, ainda permanece neste sábado (12).

A área atingida pelo incêndio era composta por várias espécies da Caatinga, a exemplo de aroeiras, angicos, umbuzeiros, umburanas e caroás. “Era uma área bem preservada, com madeira nativa de muitos anos, que tínhamos o maior cuidado e o fogo passou devorando tudo”, comenta o presidente da Associação de Fundo de Pasto de Angico dos Dias e Açu Edinei Soares.




Para os moradores locais, o incêndio foi criminoso e estaria ligado a pessoas envolvidas na tentativa de grilagem de terras das comunidades tradicionais. Após dois dias de intenso trabalho tentando apagar o fogo, os moradores esperam que o incêndio não volte a se espalhar novamente e provoque mais prejuízos.



Texto: CPT Juazeiro
Fotos e vídeo: Moradores do Angico dos Dias

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Centenas de famílias estão na rua após despejos violentos em acampamentos do MST

Mineração: uso de explosivos aterroriza comunidade de Angico dos Dias

XII Encontrão de Jovens de Campo Alegre de Lourdes