MISSÃO DA TERRA MOBILIZA ROMEIROS E ROMEIRAS PARA CELEBRAR A LUTA DOS FUNDOS DE PASTO


cartaz 34 missao da terra



O município de Andorinha  recebeu neste domingo 22 romeiros e romeiras de diferentes cidades baianas durante a 34ª MISSÃO DA TERRA. O evento foi realizado pela paróquias de Senhor do Bonfim, Campo Formoso, Jaguarari, Igara, São José Esposo e Andorinha.

 A paróquia de Andorinha abriu  suas portas e janelas, carinhosamente, para acolher os romeiros e romeiras da terra e celebrar o fortalecimento das lutas dos fundos de pastos, bem como um momento profético forte de denúncia dos impactos negativos sobre as comunidades tradicionais causados pela concentração da terra, pela dificuldade de acesso à água de qualidade, pela mineração e especulação fundiária,  além de outros projetos que ameaçam a vida do povo que vem  anunciando alternativas concretas de bem viver no semiárido, mantendo os olhos fixos em Jesus, o Senhor do Bonfim, e que chegamos as pastagens verdejantes que somente ele nos pode oferecer.

A história das romarias da terra se assemelha à caminhada do Povo de Deus e de nossos antepassados em busca da Terra Prometida. A ideia das romarias da terra tem a sua origem inspirada na Sagrada Escritura: Abraão, atendendo o chamado de Deus, sai em caminhada, com sua família e vai em busca da terra prometida (Gn 12). Mais tarde o Povo de Deus, escravo do Egito, é liderado por Moisés e sai como peregrino rumo à terra da promessa. As festas bíblicas eram verdadeiras romarias. Também Jesus, conservando a tradição dos seus pais, foi com eles ao Templo de Jerusalém.

Assim também, as missões da terra têm esse caráter. É uma grande festa da família diocesana. São momentos de fé, de encontro das comunidades, de profetismo, onde o povo expressa a sua fé, os seus sofrimentos, a sua resistência, a sua ternura, demonstrando sua capacidade de partilhar a vida, a terra, o pão, os sonhos e as conquistas, e a esperança do Deus da história.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Centenas de famílias estão na rua após despejos violentos em acampamentos do MST

Mineração: uso de explosivos aterroriza comunidade de Angico dos Dias

XII Encontrão de Jovens de Campo Alegre de Lourdes