A LUTA DE BERTINHO

Bertinho estava  na luta  do povo camponês desde a adolescência



Surgido das lutas camponesas em Casa Nova, após a construção da barragem de Sobradinho (1978), Bertinho era uma pessoa especial e tornou-se um companheiro de fibra, abnegado lutador do povo. Forjou-o a resistência dos posseiros do Riacho Grande contra a empresa Camaragibe, financiada pelo Proálcool, patrocinada pela Ditadura Militar. Percebia como poucos seu papel de liderança e educador popular. Engajar-se na construção do PT foi um caminho abraçado com clareza e dedicação. Quando percebeu que crescia na região o desafio dos assalariados rurais e que os STRs (Sindicatos dos Trabalhadores Rurais) não lhes davam cobertura, empregou-se numa empresa em Santana do Sobrado e ajudou a organizar o SINTAGRO, primeiro sindicato regional da categoria no Nordeste. O sindicato conseguiu barrar um pouco da selvageria dos empresários da fruticultura irrigada nas relações de trabalho. 
Bertinho descansou de tanta luta contra o câncer no cérebro, sua última e mais dura! Ficam nossa gratidão, o exemplo e ainda mais clara a evidência do quanto carecemos hoje de Bertinhos! (Ruben Siqueira, CPT Bahia).
Obrigado, companheiro Bertinho! Presente!
Ruben Siqueira, CPT Bahia.



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Centenas de famílias estão na rua após despejos violentos em acampamentos do MST

Mineração: uso de explosivos aterroriza comunidade de Angico dos Dias

XII Encontrão de Jovens de Campo Alegre de Lourdes