CASA NOVA: ONDE A LEI NÃO CHEGA PARA FAMÍLIAS CAMPONESAS DE AREIA GRANDE





Motivados por dinheiro de grileiros e pela impunidade histórica, criminosos invadem área de  fundo de pasto onde moram 366 famílias camponesas, para forçar sua saída do território. No dia 17 de janeiro, depois que homens a mando de empresas do agronegócio regional, um oficial de justiça sem mandado, e dois policiais militares invadiram a área,  como contam pessoas de Areia Grande, a cisterna de uma família do local apareceu com 20 perfurações feitas por arma de fogo. Até agora, não foi realizada nem a perícia. 

Diante de tais fatos, surge a pergunta: até quando a lei de Casa Nova (BA) vai ignorar  as famílias de Areia Grande?

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Centenas de famílias estão na rua após despejos violentos em acampamentos do MST

Mineração: uso de explosivos aterroriza comunidade de Angico dos Dias

XII Encontrão de Jovens de Campo Alegre de Lourdes